Última hora

Última hora

Caso Maëlys de Araújo: Principal suspeito arguido por homicídio

Justiça retira acusação por rapto. Arguido nega envolvimento e mantém silêncio.

Em leitura:

Caso Maëlys de Araújo: Principal suspeito arguido por homicídio

Tamanho do texto Aa Aa

O principal suspeito no caso da menina lusodescente que desapareceu em França foi constituído arguido por homicídio. A justiça desistiu da acusação por rapto. Nordahl Lelandais foi ouvido por três juízes de instrução da cidade de Grenoble, durante seis horas, esta quinta-feira, mas continua a negar qualquer envolvimento neste caso. O arguido mantém o silêncio desde que foi detido, há três meses.

Maëlys de Araújo desapareceu na noite de 26 para 27 de agosto, durante uma boda. O advogado dos pais da menina sublinha que a defesa se concentra nas questões processuais em vez de contestar os factos e que a prioridade agora é saber o que aconteceu à criança naquela noite.