Última hora

Última hora

Puigdemont diz querer voltar para Espanha e como presidente da Catalunha

Em leitura:

Puigdemont diz querer voltar para Espanha e como presidente da Catalunha

Puigdemont diz querer voltar para Espanha e como presidente da Catalunha
Tamanho do texto Aa Aa

Puigdemont diz estar na hora de voltar para casa e como presidente da Catalunha.

O líder da maior força separatista quer estar presente na cerimónia de abertura do parlamento catalão e convocou uma reunião com o governo espanhol para que seja discutido o seu regresso.

"Voltar agora mesmo. Seria uma boa notícia. Não só para mim e para a minha família, logicamente, como para a Catalunha e até para Espanha. Seria uma boa notícia para a democracia espanhola, que restituiu a democracia que o governo tinha interropido." disse Puigdemont. 

"Sou o presidente da Generalitata e não vou deixar de o ser.", rematou. 

Mariano Rajoy diz estar aberto a conversações com os vencedores.

O presidente do governo espanhol afirmou que "O governo da Espanha gostaria de oferecer toda a sua cooperação e toda a disposição para um diálogo construtivo, aberto e realista. Mas sempre dentro do domínio da lei".

Os liberais Ciudadanos conquistaram o maior número de assentos no parlamento, não suficientes para formar governo.

Inês Arrimadas, tranquila, diz só tomar decisões depois de ver que alianças surgem no bloco independentista.

Apesar da crise catalã, nas ruas de Barcelona e perto do Natal, os comerciantes dizem que o impasse político não afetou a economia.