Última hora

Última hora

O Adeus de Ronaldinho Gaúcho

Em leitura:

O Adeus de Ronaldinho Gaúcho

Tamanho do texto Aa Aa

Foi Roberto Assis, irmão do jogador internacional, que fez o anúncio formal através de uma entrevista ao Jornal Globo. Assis disse que Ronaldinho não quer jogar mais de forma profissional e que já está a ser preparado um jogo de despedida para depois do mundial da Rússia.

"Ele parou. Acabou. Vamos fazer algo em grande, depois do Mundial-2018, provavelmente em Agosto. Vamos fazer vários eventos no Brasil, Europa e Ásia e claro, com a seleção."

O ponto alto da carreira do brasileiro de 37 anos foi no Barcelona, onde conquistou uma Liga dos Campeões, duas ligas espanholas e duas vezes o título de Melhor Jogador do Mundo pela FIFA, em 2004 e em 2005.

Em 2008 recusa o Manchester City e ingressa no AC Milan. Em 2011 regressa ao Brasil pelo Flamengo, onde jogou pouco mais de um ano.

Depois passa pelo Atlético Mineiro e ainda pelo clube mexicano Querétaro, antes de chegar ao Fluminense, último clube da carreira, de onde saiu em 2015.

É considerado por muitos o mais talentoso da sua geração. 

Um Mundial, uma Copa América e 315 golos depois, Ronaldinho Gaúcho arruma as chuteiras e diz, pela última vez adeus do lado do relvado.