Última hora

Última hora

Vice-diretor do FBI demite-se

Em leitura:

Vice-diretor do FBI demite-se

Tamanho do texto Aa Aa

O vice-diretor da polícia federal norte-americana abandonou o cargo. Há muito tempo que este responsável era acusado por Donald Trump e pelos Republicanos de ser próximo dos democratas. A saída de Andrew McCabe é imediata, mas este permanece vinculado ao organismo até março, por razões administrativas.

A Casa Branca já garantiu que o Presidente dos EUA não teve qualquer responsabilidade na saída de McCabe.

À pergunta, de uma repórter, de se "pode garantir que o Presidente não teve nenhum papel na decisão de McCabe se demitir?"

A porta-voz da Casa Branca respondeu:

"Sim, posso dizer-lhe que o Presidente não teve nada a ver com esta decisão e relembro, como aliás fiz na semana passada, que o presidente tem plena confiança em Christopher Wray, o diretor do FBI, foi por isso que colocou nas suas mãos as decisões sobre esta organização", afirmou Sarah Sanders.

O chefe de Estado norte-americano chegou a repreender, publicamente, o responsável pela Justiça dos EUA, Jeff Sessions, por não ter despedido McCabe quando este era diretor interino do FBI, que diz ser amigo do ex-diretor do FBI, James Comey. Este último foi afastado por Trump por causa da investigação à alegada influência russa nos resultados das eleições presidenciais de 2016.