Última hora

Última hora

Trump leva notas para se lembrar de ter empatia com vítimas da Florida

Em leitura:

Trump leva notas para se lembrar de ter empatia com vítimas da Florida

© Copyright :
REUTERS/Jonathan Ernst
Tamanho do texto Aa Aa

Donald Trump recebeu na Casa Branca um grupo de estudantes sobreviventes do massacre na escola Marjory Stoneman Douglas, da Florida, no passado dia 14, no qual morreram 17 pessoas: 14 estudantes três professores.

O encontro prometia ser emotivo e apelar à sensibilidade do presidente norte-americano para tirar notas para o futuro. No entanto, Trump preferiu levar já algumas notas para a reunião e estas não escaparam às câmaras.

O líder dos Estados Unidos retirou um papel do bolso no qual figuravam cinco pontos, destacando-se sobretudo o primeiro - "O que é que mais gostariam que eu soubesse da vossa experiência?" - e o último - "Eu estou a ouvir-vos".

A falta de empatia de Trump já tinha sido alvo de críticas e o reparo não terá passado despercebido ao presidente. Porém, a necessidade de ter de escrever algo que deveria surgir naturalmente - a sensibilidade em relação a pessoas que viram morrer amigos e familiares à sua frente - já está também a criar polémica.