Última hora

Última hora

Atleta olímpica russa de bobsleigh acusa positivo em teste antidoping

Em leitura:

Atleta olímpica russa de bobsleigh acusa positivo em teste antidoping

Tamanho do texto Aa Aa

A atleta olímpica de Bobsleigh, Nadezhda Sergeeva, é a segunda atleta russa acusada de doping nas olimpíadas de inverno de Pyeongchang, na Coreia do Sul.

Segundo um comunicado da delegação da Rússia, uma amostra de Sergeeva, recolhida no domingo, resultou positiva para trimetazidina, um medicamento utilizado para quem sofre de problemas cardíacos e que consta na lista das substâncias proibidas pela Agência Mundial Antidoping.

Nadezhda Sergeeva negou, já, ter tomado a substância proibida. A federação russa sublinhou, ainda, que o medicamento mencionado não é Meldonium, a substância que fez com que o atleta russo de curling, Alexander Krushelnitsky, perdesse a medalha de bronze, conquistada nas duplas mistas ao lado da esposa nos Jogos de Inverno de Pyeongchang 2018.