Última hora

Última hora

investigação a envenenamento de ex-espião avança

Em leitura:

investigação a envenenamento de ex-espião avança

Tamanho do texto Aa Aa

As autoridades britânicas dizem que os investigadores já sabem mais sobre a substância misteriosa que terá envenenado um ex-agente duplo russo e sua filha. Apesar de a Rússia dizer que não teve nada a ver com o assunto e de se prontificar a ajudar nas investigações, o caso ameaça prejudicar os laços, por si só já pouco sólidos, entre os dois países. Sergey Skripal e a filha continuam internados em estado crítico:

"Sergey e Yulia continuam internados nos cuidados intensivo de um hospital, a substância está a ser analisada nos laboratórios militares de Porton Down para verificar se se trata, ou não, de um veneno e de onde terá vindo", adianta o enviado da euronews a Salisbury, Vincent McAviney.

Skripal e a filha, de 33 anos foram encontrados inconscientes num banco no exterior de um centro comercial da cidade britânica de Salisbury, no domingo. No Reino Unido especula-se sobre a possível ligação russa a este incidente já que Skripal era considerado traidor por Moscovo por, durante cerca 10 anos, ter fornecido informações secretas a Londres.