Última hora

Última hora

Lula da Silva e a justiça brasileira

Em leitura:

Lula da Silva e a justiça brasileira

Tamanho do texto Aa Aa

Os problemas de Luis Inácio Lula da Silva com a justiça não se limitam ao processo em que foi pedido o habeas corpus.

Nesse, o antigo presidente brasileiro é acusado dos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro, no caso do apartamento tríplex no Guarujá (SP), no âmbito da Operação Lava Jato. Um tribunal de segunda instância pediu uma condenação de doze anos e um mês de prisão.

Mas há outros em marcha.

Na Justiça Federal do Paraná, também referente ao processo Lava Jato, Lula é alvo de outras duas acusações de corrupção e lavagem de dinheiro.

Há também outras quatro ações na Justiça Federal do Distrito Federal, referentes às Operações Zelotes, Janus e Lava Jato.

Nestes casos as acusações são de tráfico de influência junto ao BNDES para favorecer a Odebrecht em contratos em Angola, tráfico de influência na compra de aviões militares pelo governo brasileiro, corrupção passiva e obstrução de Justiça pela suposta tentativa comprar o silêncio de um ex-diretor da Petrobras.

Há um sétimo processo: Lula foi denunciado pelo ex-procurador-geral da República Rodrigo Janot, em setembro de 2017: é acusado, de integrar o que chamou de organização criminosa com a ex-presidente Dilma Rousseff e outros seis elementos do PT. Janot disse mesmo que se tratava do "quadrilhão do PT".

Lula da Silva e os advogados negam todas estas acusações e garantem que são tudo tentativas de manipulação da justiça com fins políticos.