Última hora

Última hora

Commonwealth aceita sucessão na liderança

Em leitura:

Commonwealth aceita sucessão na liderança

Tamanho do texto Aa Aa

O Príncipe Carlos vai suceder à mãe, a Rainha Isabel II, na liderança da Commonwealth.

Segundo os órgãos de comunicação britânicos, os países membros da organização aprovaram nesta sexta-feira, numa reunião no Castelo de Windsor, o pedido feito pela monarca.

A decisão foi anunciada por Theresa May.

“Sua alteza real apoiou com orgulho a Commonwealth, por mais de quatro décadas, e falou de forma apaixonada sobre a diversidade única desta organização. E é certo que um dia ele vai continuar o trabalho da sua mãe, Sua Majestade a rainha”.

Esta quinta-feira, num discurso no Palácio de Buckingham, a rainha Isabel II pediu aos países membros para deixarem o Príncipe de Gales continuar a desempenhar o trabalho que o seu pai começou em 1949. A rainha espera que a organização continue a proporcionar “estabilidade” às gerações futuras.

A Commonwealth integra 53 estados e territórios, na maioria antigas colónias britânicas. A sucessão na liderança não é hereditária.