Última hora

Última hora

Putin critica as políticas "insensatas" da NATO e pede mais cooperação

Em leitura:

Putin critica as políticas "insensatas" da NATO e pede mais cooperação

Putin critica as políticas "insensatas" da NATO e pede mais cooperação
Tamanho do texto Aa Aa

Esta quinta-feira, Vladimir Putin falou aos embaixadores e corpo diplomático acreditado em Moscovo.

O presidente da Federação Russa referiu a necessidade de mais cooperação na Europa e alertou para o que definiu como a "insentatez das políticas da NATO."

A chave para garantir a segurança e a estabilidade na Europa é mais cooperação e mais confiança e não o desenvolvimento de bases militares da NATO perto das fronteiras russas, como está a acontecer. Os nossos perceiros apostam num escalar das tensões, incluindo em países como a Geórgia e a Ucrânia. É lá que tentam intensificar a esfera de influência militar da NATO. Deveriam pensar melhor acerca das consequência desta política irresponsável."

Irresponsável também o que define como o mau estado das relações entre Washginton e

"Vemos que há esferas de poder, nos Estados Unidos, prontas para facilmente sacrificar as relações russo-americanas de acordo com as próprias ambições. E por mais diferentes que possam ser os nossos pontos de vista, Trump e eu concordámos no facto de que as relações entre Rússia e Estados Unidos se enconram num nível extremamente insatisfatório. Pior do que durante a Guerra Fria. Ainda assim, penso que demos início a uma mudança positiva."

O presidente Trump parece concordar com o líder russo. Na rede social _Twitter, _Donald Trump falou de um encontro que foi um exito. Mas muitos políticos norte-americanos discordam do presidente, incluindo no seio do Partido Republicano.

Trump disse q ue não tinha motivos para duvidar da inocência da Rússia na alegada ingerência. Já em Washington, explicou que se tinha expressado mal e que queria dizer o contrário.