This content is not available in your region

Celebrações religiosas da Páscoa limitadas

Access to the comments Comentários
De  Euronews
Celebrações religiosas da Páscoa limitadas
Direitos de autor  Divisione Produzione Fotografica/Vatican Media   -  

Foi numa basílica de São Pedro vazia que o Papa Francisco celebrou o tradicional serviço religioso de Sexta-feira Santa. O motivo da ausência de pessoas é o mesmo de sempre: o coronavirus.

O Sumo Pontífice prostrou-se diante do antigo crucifixo de S. Marcelo, em que se acredita ter protegido os romanos durante a peste do século XVI.

O Vaticano foi obrigado a reorganizar as celebrações do mais importante momento religioso cristão devido à pandemia da covid-19.

A Páscoa é um momento de celebração e também de reconhecimento, altura para alguns clérigos como Antonio Napolioni, celebrarem de forma especial. O Bispo regressou ao hospital onde recuperou da Covid e celebrou uma missa dedicada aos profissionais de saúde e também aos pacientes.