This content is not available in your region

Atentado contra o Charlie Hebdo foi há 7 anos

Access to the comments Comentários
De  Rodrigo Barbosa  & AFP
Atentado contra o Charlie Hebdo foi há 7 anos
Direitos de autor  AP Photo   -  

O atentado contra o Charlie Hebdo foi há sete anos. O ministro francês do Interior Gérald Darmanin e a presidente da Câmara de Paris Anne Hidalgo presidiram à homenagem em memória das vítimas dos ataques jihadistas que visaram, a 7 de janeiro de 2015, a sede do jornal satírico e, dois dias depois, um supermercado judaico da capital francesa.

Como todos os anos, a cerimónia foi repetida três vezes. Primeiro, em frente à antiga localização do Charlie Hebdo, onde foram abatidas onze pessoas, entre as quais figuras emblemáticas do jornal, incluindo o diretor e desenhador Charb e vários caricaturistas.

Depois, a curta distância, no local onde um tenente da polícia foi morto pelos irmãos Said e Chérif Kouachi, em fuga.

E, por fim, perto da Porta de Vincennes, em frente ao supermercado Hyper Cacher, onde, a 9 de janeiro de 2015, outro jihadista próximo dos irmãos Kouachi, Amédy Coulibaly, matou quatro outras pessoas.