This content is not available in your region

Batumi: Jamiroquai tira o chapéu ao Black Sea Jazz Festival

Batumi: Jamiroquai tira o chapéu ao Black Sea Jazz Festival
De  Euronews

<p>A 11ª edição do Black Sea Jazz Festival aconteceu, como a tradição exige, a poucos metros das praias de Batumi, a terceira cidade da Geórgia e a capital de Ajara.<br />  <br /> O cartaz contou com De La Soul, Cory Henry e The Apostles e a principal atração: Jamiroquai. Entrámos na atmosfera do Festival ao lado de um dos fundadores, Kakhi Kandelaki – a sua família trouxe o jazz para a Geórgia quando era proibido: “foi uma das repúblicas socialistas da União Soviética e o jazz foi muito perigoso, era perigoso ouvir e comprar LPs. O meu pai tornou-se diretor geral da editora Melodya, era a única na União Soviética. Não sei como, mas ele fez um festival em 1978, foi um dos primeiros Festivais da União Soviética”.</p> <p>“Quando começamos, havia apenas 200, 300 pessoas, mas os músicos eram muito bons, como Tania Maria, Marcus Miller, começamos com bons nomes e agora temos 20-25 mil pessoas a participar no evento”, diz Kakhi Kandelaki.</p> <p>Os ensaios de Cory Henry & The Funk Apostoles desvendaram um pouco da performance que abriu o Festival, com várias canções do novo álbum que vai ser lançado em setembro. “Este novo disco é sobre o amor. Sobre os prós e contras de um relacionamento. As pessoas que procuram amor, pessoas que estiveram apaixonadas, que ficaram com o coração partido identificaram-se com as músicas que fazemos, porque são todas muito verdadeiras”, explica Cory Henry.</p> <p>A jornada musical de Cory Henry começou em Brooklyn aos dois anos. Era uma criança prodígio, estreou-se no Apollo Theatre aos seis anos.</p> <p>“Mudámos lentamente do jazz para a música mais leve que se enquadra melhor no ambiente, a idade dos nossos visitantes também diminuiu, o que nos permitiu trazer músicos mais dinâmicos, o que também fez aumentar o número de visitantes significativamente”, conclui Giorgi Kereselidze, Diretor, Eastern Promotions.</p> <p>A banda mais aguardada no Black Sea Jazz Festival foi Jamiroquai (Festival de Jazz do Mar Negro), com o vocalista Jay Kay e o novo álbum Automaton.</p>