Última hora

Última hora

Lutar contra o sexismo

Em leitura:

Lutar contra o sexismo

Tamanho do texto Aa Aa

Pergunta de Ana, de Lisboa:

“ – Sou a Ana, de Lisboa. Gostava de saber como acabar com o sexismo e as atuais diferenças sociais entre homens e mulheres, um problema persistente no mundo, que é um problema recorrente na nossa sociedade.Obrigada.”.

Resposta da feminista Laura Juteau – Association Osez le Féminisme, Belgique:

“-O sexismo. é limitar as pessoas num quadro com etiqueta a dizer “mulher” ou “homem”, e assim que saem um pouco do está definido, recordamos-lhes qual é precisamente o papel deles.

Por exemplo, a uma mulher que é diretora de um serviço técnico, alguém vai dizer :“Ah bem, deve ser a assistente do diretor”, porque claro, não é possível que uma mulher dirija um serviço técnico.

Ou por outro lado, um homem que trabalhe como enfermeiro, pode ter pacientes que não confiem nele, por acharem estranho ver um homem no posto tradicional de uma mulher.

De facto, quando se reflete um pouco, vê-se que é ridículo basear os comportamentos sociais num critério biológico, porque podíamos eleger qualquer um.

Podia ser a cor do cabelo, podíamos ter decidido que os loiros, como aguentam pior os raios do sol, estariam melhor no interior de uma casa, a ocupar-se das crianças. Enquanto os morenos, que resistem melhor o sol, deveriam estar no exterior, e os ruivos, que têm um cabelo apelativo, dariam melhores diplomatas… podíamos ter organizado a nossa sociedade assim.

Claro que dito asim, parece ridículo, mas quando falamos de homens e mulheres, está tão inculcado que nos parece lógico, que tem uma justificação.

Se não fizermos um esforço para acabar com o sexismo, e nos convencermos de que os indivíduos são independentes e tomam decisões sem estar determinados pelo que têm ou não entre as pernas… se não trabalhamos para o conseguir, necessariamente nós mesmos teremos comportamentos sexistas ao longo do nosso dia.

Deve haver informação desde a mais tenra idade. Fazem falta alguns ateliers com crianças, ateliers com adultos, desconstruir o tema e aplicar o que se aprendeu no dia a dia.”

“Se também quer colocar um questao faça-o através do nosso site”.