Última hora

Última hora

Troca de papéis: a importância da inversão de tarefas no ensino

Em leitura:

Troca de papéis: a importância da inversão de tarefas no ensino

Tamanho do texto Aa Aa

Aprender matemática a ensinar

Uma ideia interessante é aprender matemática, ensinando-a. O projeto “Betacoach”, na Holanda, está a funcionar muito bem. Um professor de matemática normalmente tem uma turma de 30 crianças, e é impossível estar sempre atento a todos ao mesmo tempo. Além disso, não há tempo suficiente para ajudar os alunos mais fracos. Monique Pijls, uma professora de matemática inovadora desenvolveu uma maneira de mudar este cenário.

Em Haarlem, na escola comunitária de Schoter, uma vez por semana, os beta treinadores do décimo ano juntam-se à aula preparada pelo professor para ajudar os alunos do oitavo ano. Não só os alunos beneficiam com a abordagem do “Betacoach”, os professores também.

Publicar o que se quer ler

A editora “Pink giraffe”, em Moscovo, não é como outra qualquer. Foi fundada há 5 anos por duas mulheres, que lamentavam a falta de livros coloridos e educativos no mercado, para os filhos.
Os primeiros livros da “Pink giraffe” tornaram-se imediatamente sucessos de vendas. A receita para o sucesso é simples: pedir sempre a opinião das crianças.

O sucesso dos primeiros livros escolhidos pelas crianças, sugeriu a Yulia e Marina que usassem sempre os seus leitores mais fiéis como especialistas. Desde 2008 lançou 5 blogs sobre ciência popular para crianças. Os leitores mais jovens desempenham o papel principal, especialmente na secção favorita do site: “cientista de bolso”. As crianças telefonam a Ilya Kolmanovski, o mestre do podcasting, e fazem todo o tipo de perguntas.

Espanha: os professores voltam aos bancos de escola

Ana María Pulido foi selecionada para um programa de quatro semanas na Universidade de Marjon, em Plymouth, no Reino Unido. Este programa tem como objetivo desenvolver a competência linguística do inglês e, acima de tudo, a confiança dos professores na oralidade da língua. Aprendem novas metodologias e invertem os papéis. Experimentam o que é ser aluno de novo analisam experiências e comparam os sistemas de educação.

Para mais informações:

Plymouth

math