Última hora

Última hora

A Europa e os cidadãos

Em leitura:

A Europa e os cidadãos

Tamanho do texto Aa Aa

Pergunta de Alexandra, de Lyon (França):

Às vezes tenho a impressão que a construção europeia se faz sem os cidadãos. Pensam envolver-nos mais, no futuro?

Resposta de Viviane Reding, Vice-Presidente da Comissão Europeia:

São muitos os cidadãos que se sentem alheados da política europeia, que pensam que tudo se decide em Bruxelas, à porta fechada. A verdade é que muitos têm razão.

Devemos sair e estar mais próximos das pessoas, porque a Europa que estamos a construir não é a Europa dos políticos, mas a Europa dos 500 milhões de cidadãos. Foi por isso que criámos o ano europeu dos cidadãos, 2013. O primeiro diálogo com os cidadãos aconteceu aqui em Cádis.

Vai haver outros, um pouco por toda a Europa, nos próximos meses e no ano que vem. Espero que os cidadãos participem, porque não podemos chegar ao pé deles e dizer: “queremos o vosso voto”. Temos de pedir-lhes uma opinião, uma participação.

Que Europa queremos construir? Porque esta é a vossa Europa, é a Europa para as próximas gerações, por isso precisamos de saber o que querem os cidadãos. É o que foi feito em Cádis e vai ser agora feito um pouco por toda a Europa.