Última hora

Última hora

NATO alerta para "escalada militar muito grave" na Ucrânia

Em leitura:

NATO alerta para "escalada militar muito grave" na Ucrânia

NATO alerta para "escalada militar muito grave" na Ucrânia
Tamanho do texto Aa Aa

Depois de ter anunciado, na semana passada, que a Rússia reforçou as manobras para desestabilizar a Ucrânia; o secretário-geral da NATO foi revelar os detalhes dessa avaliação aos ministros da Defesa da União Europeia (UE) reunidos, esta terça-feira, em Bruxelas.

Jens Stoltenberg disse que “os dados que temos confirmam as informações recebidas através de outras fontes sobre um reforço militar no interior da Ucrânia, mas também estamos a observar um reforço militar do lado russo da fronteira”.

“Esse reforço é feito com tropas, equipamentos, artilharia e sistemas de defesa aérea muito modernos. É uma escalada militar muito grave”, acrescentou o secretário-geral.

Os observadores no terreno pertencentes à Organização para a Segurança e Cooperação na Europa também alertaram para uma nova corrida às armas do lado separatista, o que viola o acordo de cessar-fogo assinado a 5 de setembro.

O presidente da Rússia já negou estas acusações de ajuda aos rebeldes, cujos confrontos com as forças de Kiev já fizeram mais de 4100 mortos.