Última hora

Última hora

Túnis comemora vitória de Essebsi enquanto sul do país denuncia regresso do antigo regime

A euforia coletiva gerada com a vitória de Béji Caïd Essebsi na segunda volta das eleições presidenciais da Tunísia traduziu-se num verdadeiro mar de

Em leitura:

Túnis comemora vitória de Essebsi enquanto sul do país denuncia regresso do antigo regime

Tamanho do texto Aa Aa

A euforia coletiva gerada com a vitória de Béji Caïd Essebsi na segunda volta das eleições presidenciais da Tunísia traduziu-se num verdadeiro mar de gente nas ruas da capital do país.

Em uníssono, os apoiantes Essebsi afirmam que este é o início de uma nova era e desdobram-se em manifestações de júbilo.

Béji Caïd Essebsi venceu as eleições presidenciais com mais de 55% das preferências de voto contra os 44,3% do rival, o presidente cessante, Moncef Marzouki.

O anúncio da vitória foi recebido com protestos no sul do país onde jovens desceram às ruas para se manifestarem contra o discurso de vitória de Essebsi, entre denúncias de um regresso ao antigo regime.

O resultado representa o culminar de quatro anos de transição democrática após a queda do regime autoritário de Ben Ali, afastado na sequência da Primavera Árabe em 2011.