Última hora

Última hora

Reino Unido: UKIP "rouba" votos aos conservadores e aos trabalhistas

Nigel Farage, líder do partido eurocético UKIP, foi saudado com entusiasmo durante o congresso do partido a decorrer em Margate. O UKIP surge como

Em leitura:

Reino Unido: UKIP "rouba" votos aos conservadores e aos trabalhistas

Tamanho do texto Aa Aa

Nigel Farage, líder do partido eurocético UKIP, foi saudado com entusiasmo durante o congresso do partido a decorrer em Margate.

O UKIP surge como uma nova força na política britânica que incomoda e retira votos aos dois maiores partidos do país – o Partido Conservador, do primeiro-ministro David Cameron, e o Partido Trabalhista, na oposição.

“Só com o divórcio da União Europeia e a recuperação do controlo das nossas fronteiras podemos dar ao povo britânico o que maioritariamente ele quer e apoia. Vamos lutar para que este país tenha, como a Austrália, um sistema de pontos para decidir quem pode vir e ficar no nosso país”, afirmou Farage.

Com as eleições parlamentares a aproximarem-se, as mais recentes sondagens apontam para uma disputa cerrada entre os conservadores e os trabalhistas, com respetivamente 33% e 34% das intenções de voto e o UKIP a permanecer no terceiro lugar com 14%.