Última hora

Última hora

Nova cidade arqueológica destruída pelo grupo Estado Islâmico

Mais um local arqueológico importante do Iraque foi destruído pelo grupo Estado Islâmico. Depois de Mosul, Nimrud e Hatra, agora foi a vez de os

Em leitura:

Nova cidade arqueológica destruída pelo grupo Estado Islâmico

Tamanho do texto Aa Aa

Mais um local arqueológico importante do Iraque foi destruído pelo grupo Estado Islâmico.

Depois de Mosul, Nimrud e Hatra, agora foi a vez de os jihadistas saquearem e destruírem a antiga cidade de Dur Sharrukin, hoje conhecida como Jorsabad, que foi a capital assíria durante parte do reinado de Sargão II no século VII antes de Cristo.

As autoridades iraquianas mostram-se impotentes para travar a aniquilação cultural do país, património da humanidade, e pedem por isso ajuda da coligação internacional.

“Apelamos e imputamos responsabilidades a à coligação – tenho a certeza que muitos partilham da minha opinião – porque a ação lenta da coligação internacional contra estes grupos e crimes, encoraja estes mesmos grupos a atacar, a destruir e a pilhar”, anuncia o ministro do Turismo e das antiguidades.

É mais uma perda irrecuperável de depois de outras 3 no espaço de apenas uma semana.