Última hora

Em leitura:

Greve na Alemanha: Sindicatos e Deutsche Bahn continuam de costas voltadas


Alemanha

Greve na Alemanha: Sindicatos e Deutsche Bahn continuam de costas voltadas

ALL VIEWS

Clique para descobrir

A greve dos comboios na Alemanha está para continuar, mesmo se a Deutsche Bahn, empresa ferroviária do país, garante que os serviços já estão em parte restabelecidos.

Esta é uma das mais longas greves de sempre no setor e está a obrigar a medidas de exceção. Em vários locais, os passageiros são obrigados a dormir nas estações.

“Conseguimos que cerca de um terço dos comboios de longo curso voltasse a circular. Nalgumas estações, instalámos comboios para as pessoas dormirem. É o que está a acontecer em Berlim, Munique, Colónia e Hamburgo, com clientes a quem já não podíamos dar vouchers de hotel”, diz o porta-voz da Deutsche Bahn, Achim Strauss.

Os comboios de longo curso são os mais afetados com esta paralisação. Quanto às ligações regionais, há cerca de dois terços a funcionar. Os passageiros estão indignados com a duração da greve.

O sindicato GDL, que convocou a greve, exige negociações salariais para várias categorias, além dos maquinistas, e rejeita a proposta da Deutsche Bahn de nomear um mediador externo.

ALL VIEWS

Clique para descobrir

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Artigo seguinte

mundo

Israel: Organização acusa soldados de cometer abusos em Gaza