EventsEventosPodcasts
Loader
Find Us
PUBLICIDADE

Greve na Alemanha: Sindicatos e Deutsche Bahn continuam de costas voltadas

Greve na Alemanha: Sindicatos e Deutsche Bahn continuam de costas voltadas
Direitos de autor 
De  Ricardo Figueira com AFP
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button

A companhia viu-se obrigada a instalar comboios para os passageiros dormirem.

PUBLICIDADE

A greve dos comboios na Alemanha está para continuar, mesmo se a Deutsche Bahn, empresa ferroviária do país, garante que os serviços já estão em parte restabelecidos.

Esta é uma das mais longas greves de sempre no setor e está a obrigar a medidas de exceção. Em vários locais, os passageiros são obrigados a dormir nas estações.

“Conseguimos que cerca de um terço dos comboios de longo curso voltasse a circular. Nalgumas estações, instalámos comboios para as pessoas dormirem. É o que está a acontecer em Berlim, Munique, Colónia e Hamburgo, com clientes a quem já não podíamos dar vouchers de hotel”, diz o porta-voz da Deutsche Bahn, Achim Strauss.

Os comboios de longo curso são os mais afetados com esta paralisação. Quanto às ligações regionais, há cerca de dois terços a funcionar. Os passageiros estão indignados com a duração da greve.

O sindicato GDL, que convocou a greve, exige negociações salariais para várias categorias, além dos maquinistas, e rejeita a proposta da Deutsche Bahn de nomear um mediador externo.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Polícia alemã mata homem que esfaqueou três pessoas numa festa do Euro 2024

Alemanha goleia Escócia no jogo inaugural do Euro 2024

Chegada da seleção portuguesa deixa centenas em euforia e até houve rancho folclórico