Última hora

Última hora

Papa Francisco: Novo capítulo na guerra à pedofilia

Bispos que tenham protegido pedófilos vão ser julgados por um departamento próprio

Em leitura:

Papa Francisco: Novo capítulo na guerra à pedofilia

Tamanho do texto Aa Aa

Os bispos que protegeram padres pedófilos vão ter de prestar contas à justiça do Vaticano e vão ser julgados por um departamento agora criado pelo Papa Francisco. É uma medida a juntar a outras, que Francisco tomou no passado, para combater a pedofilia.

Point of view

A novidade é que há agora um procedimento específico para estas questões, que podem ter a ver com abusos de poder por parte de bispos.

Este departamento vai estar sob alçada da Congregação para a Doutrina da Fé. O Papa cede assim aos muitos pedidos de grupos de vítimas para que o Vaticano faça justiça sobre o assunto.

“A novidade é que há agora um procedimento específico para estas questões, que podem ter a ver com abusos de poder por parte de bispos e que antes não estava em funcionamento”, diz o porta-voz do Vaticano, Federico Lombardi.

Com esta medida, o Papa aceitou as propostas de uma comissão que criou para o aconselhar sobre os casos de alegado abuso de menores por parte de membros da Igreja. Esta comissão é constituída por 17 pessoas de vários pontos do mundo, incluindo padres e leigos, entre os quais oito mulheres. Em fevereiro, o Papa ordenou aos bispos que colaborassem na luta contra os abusos.