Última hora

Última hora

Os cinco candidatos que podem ser seis na FIFA

Há cinco candidatos confirmados às eleições de 26 de fevereiro para a presidência da FIFA... mas que podem muito bem ser seis. O comité eleitoral

Em leitura:

Os cinco candidatos que podem ser seis na FIFA

Tamanho do texto Aa Aa

Há cinco candidatos confirmados às eleições de 26 de fevereiro para a presidência da FIFA… mas que podem muito bem ser seis.

O comité eleitoral anunciou ter aceite cinco candidaturas, chumbando o liberiano Musa Hassan Bility por não ter conseguido fazer prova da sua integridade.

Os candidatos são assim Ali Bin Al Hussein, derrotado por Sepp Blatter nas últimas eleições e provavelmente o nome mais forte dos cinco presentes a escrutínio, o sul-africano Tokyo Sexwale, o presidente da Confederação Asiática de Futebol Salman Bin Al Khalifa, o francês Jérôme Champagne, antigo diretor de relações internacionais da FIFA e o plano B da UEFA, o suíço Gianni Infantino.

Plano B porque ainda há o nome de Michel Platini em cima da mesa. O francês, candidato por excelência do organismo que tutela o futebol europeu, encontra-se atualmente suspenso por suspeitas de corrupção.

Em situações normais, seria o suficiente para ser afastado da corrida mas a FIFA apenas se irá pronunciar sobre a sua situação a 5 de janeiro.