Última hora

Em leitura:

Migrantes: 10.000 crianças desaparecidas, diz Europol


mundo

Migrantes: 10.000 crianças desaparecidas, diz Europol

Cerca de 10.000 crianças migrantes desapareceram nos dois últimos anos, segundo dados da Europol, que receia que muitas estejam a ser exploradas sexualmente, vítimas de redes de crime organizado.

A agência de coordenação policial lamenta o desenvolvimento de uma estrutura criminosa pan-europeia, que está a aproveitar-se da pior crise migratória do pós II Guerra Mundial.

Quem o diz ao Observer/The Guardian é Brian Donald, da Europol, que explica que estes números se referem às crianças que foram registadas pelas autoridades europeias e depois desapareceram.

Só em Itália perdeu-se o rasto a cinco mil crianças. No entanto, não quer dizer que todas tenham sido apanhadas nas redes criminosas. Algumas podem ter reencontrado as famílias – mas a Europol não o sabe.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

tradução automática

Artigo seguinte

mundo

Regime e oposição sírios mostram-se inflexíveis em Genebra