A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Migrantes: 10.000 crianças desaparecidas, diz Europol

Migrantes: 10.000 crianças desaparecidas, diz Europol
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Cerca de 10.000 crianças migrantes desapareceram nos dois últimos anos, segundo dados da Europol, que receia que muitas estejam a ser exploradas sexualmente, vítimas de redes de crime organizado.

A agência de coordenação policial lamenta o desenvolvimento de uma estrutura criminosa pan-europeia, que está a aproveitar-se da pior crise migratória do pós II Guerra Mundial.

Quem o diz ao Observer/The Guardian é Brian Donald, da Europol, que explica que estes números se referem às crianças que foram registadas pelas autoridades europeias e depois desapareceram.

Só em Itália perdeu-se o rasto a cinco mil crianças. No entanto, não quer dizer que todas tenham sido apanhadas nas redes criminosas. Algumas podem ter reencontrado as famílias – mas a Europol não o sabe.