This content is not available in your region

Cessar-fogo pouco respeitado na Síria

Access to the comments Comentários
De  Euronews
Cessar-fogo pouco respeitado na Síria

<p>A trégua nos combates na Síria não chegou a durar dois dias…e a guerra das palavras parece não ter sido interrompida. <br /> O exército russo este domingo revelou que já foram registadas nove violações do cessar das hostilidades.<br /> De qualquer forma, o coordenador do gabinete russo para as questões sírias garante que em grande parte do território a trégua está a ser cumprida.</p> <p>Mas nesta lista de incidentes não estão os raides aéreos que ocorreram durante a madrugada e manhã deste domingo em Aleppo. O ataque foi denunciado pelo Observatório Sírio para os Direitos Humanos e pela oposição ao regime de Assad, que fala ainda 15 violações ao cessar-fogo. <br /> Também a Arábia Saudita acusa a Rússia e o governo de Damasco de não ter respeitado a trégua.</p> <blockquote class="twitter-tweet" data-lang="pt"><p lang="en" dir="ltr">Military aircraft attack six towns in western Syria and victinity of Aleppo – Syrian Observatory for Human Rights <a href="https://t.co/IEr5ryZOJn">pic.twitter.com/IEr5ryZOJn</a></p>— euronews (@euronews) <a href="https://twitter.com/euronews/status/703872050604150784">28 de fevereiro de 2016</a></blockquote> <script async src="//platform.twitter.com/widgets.js" charset="utf-8"></script> <p>E nas trocas de acusações, as autoridades russas garantem que a Turquia deixou passar através da fronteira, nas últimas horas, 100 combatentes para a Síria. Combatentes que cercaram a cidade de Tel Abyad que está sob controlo das forças curdo-sírias. Ancara nega ter tido qualquer intervenção nesta ação.</p> <p>O presidente turco Erdogan, este domigo, declarou que o cessar fogo teve uma “adesão parcial, apenas foi implementado num terço do território”.</p> <p>Na guerra da informação, existe uma discrepância nos números russos e americanos. O Kremlin garante que recebeu declarações de cessar-fogo de 17 grupos armados da oposição moderada. Já a Casa Branca entregou uma lista com o nome de 69 grupos que aceitaram as tréguas.<br /> Também um líderes da oposição síria afirma que pediu aos Estados Unidos informação a monitorização do cessar das hostilidades, mas garante que ainda não chegou qualquer resposta.</p>