Última hora

Última hora

Número de migrantes e refugiados a chegar à UE continua a aumentar

O número de migrantes que chega às costas da União Europeia aumentou nos últimos dias, uma semana após o acordo entre Bruxelas e Ancara. As

Em leitura:

Número de migrantes e refugiados a chegar à UE continua a aumentar

Tamanho do texto Aa Aa

O número de migrantes que chega às costas da União Europeia aumentou nos últimos dias, uma semana após o acordo entre Bruxelas e Ancara.

As autoridades gregas registaram a chegada de 766 pessoas, entre terça e quarta-feira, a Lesbos, provenientes da Turquia. Mais 192 do que no dia anterior.

Segundo o acordo, os migrantes que cheguem ilegalmente ao território comunitário são reenviados para a Turquia, depois de processados os pedidos de asilo.

“Estamos a acompanhar a situação, mas acreditamos que temos de esperar algum tempo, porque temos, ainda, uma imagem pouco nítida. Houve dias em que tivemos fluxos mínimos de refugiados e outros dias em que chegaram mais de mil pessoas. Claro que se tivermos mil pessoas a chegar todos os dias, obviamente, a implementação do acordo com a Turquia fica mais difícil”, afirma o porta-voz do governo de Atenas, Giorgos Kyritsis.

As novas regras não parecem dissuadir os migrantes e refugiados.

A União Europeia tinha divulgado que na última semana o número de chegadas tinha baixado para mil, em comparação com as duas mil registadas diariamente nos últimos dois meses.

Uma redução que pode ser explicada pelas más condições meteorológicas.

Também Itália registou um aumento de migrantes ilegais. Mais de 1300, na terça-feira, provenientes do norte de África.

De acordo com o último balanço da Organização Internacional das Migrações, de fevereiro, mais de 110 mil migrantes e refugiados chegaram às costas da Grécia e de Itália desde o início do ano.