Última hora

Em leitura:

Alegado recrutador de grupo terrorista mata quatro polícias no Quénia

mundo

Alegado recrutador de grupo terrorista mata quatro polícias no Quénia

Publicidade

Um alegado recrutador do grupo terrorista somali al Shabaab matou pelo menos quatro polícias quenianos na esquadra de polícia onde estava detido, depois de ter tirado a arma a um agente.

Acabou por ser morto pela força de elite do Quénia, depois de ter feito reféns outros prisioneiros quando a polícia rodeou a esquadra de polícia de Kapenguria, no oeste do país.

Um dos elementos da polícia de elite ficou ferido.

O grupo terrorista al Shabaab lançou uma série de ataques contra o Quénia nos últimos anos, usando recrutadores locais. Os militantes dizem que os ataques têm como objetivo a retirada das forças quenianas da Somália, onde integra uma força africana que combate o al Shabaab.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

tradução automática

tradução automática

tradução automática

Artigo seguinte