Última hora

França: familiares e amigos das vítimas de Nice preparam o último adeus

Em França as autoridades já terminaram a identificação das vítimas do ataque terrorista de quinta-feira passada em Nice.

Em leitura:

França: familiares e amigos das vítimas de Nice preparam o último adeus

Tamanho do texto Aa Aa

Em França as autoridades já terminaram a identificação das vítimas do ataque terrorista de quinta-feira passada em Nice.

allviews Created with Sketch. Point of view

"Vamos acabar com os discursos que só semeiam o ódio e a discórdia. Por favor, vamos unir-nos"

Abdelkader Sadouni Imã de mesquita, Nice

Do total de 84 vítimas, 30 seriam muçulmanas.

Em Nice, família e amigos das vítimas reuniram-se esta terça-feira numa das mesquitas para preparar o funeral das vítimas.

O ataque foi reivindicado pelo grupo extremista Estado Islâmico. Segundo as autoridades, há indícios de que o autor do ataque, o tunisino Mohamed Lahouaiej Bouhlel, havia sido radicalizado num curto espaço de tempo.

Testemunhos

“Encontrei apenas a minha mulher. Ela estava deitada por terra. Não se mexia e não falava. Parecia que dormia. Fiquei a seu lado até às dez da manhã. Depois pus-me à procura do meu filho. Andei de hospital em hospital, perguntei por todo o lado, até telefonei para Paris. O meu filho não estava lá. Uma mulher acabou por me dizer que os bombeiros haviam-no levado. Pedi-lhe por amor de Deus para me dizer se o meu filho estava vivo. Queria saber… fiquei feliz, finalmente soube onde ele estava, com Deus”, afirmou Tamar Mejri, pai de Kylan Mejri e marido de Olfa Khalfallah, ambos mortos em resultado do ataque.

“Uma criança de quatro anos de idade perdeu a vida. É a primeira vez que entrou numa mesquita mas veio num caixão. Por isso, vamos parar. Parar de vez. Toda a gente está de luto. Todos estão em sofrimento. Vamos acabar com os discursos que só semeiam o ódio e a discórdia. Por favor, vamos unir-nos”, adiantou o imã da mesquita, Abdelkader Sadouni.

Entretanto, tudo sugere que o estado de emergência em vigor no país poderá ser prolongado por um período de até seis meses.

Nova detenção

Num outro desenvolvimento, a polícia francesa anunciou a captura de um indivíduo de 22 anos na noite de domingo para segunda-feira.

O indivíduo foi detido durante uma operação Stop realizada nas imediações de Paris.

As autoridades encontraram ainda no seu apartamento várias barras de dinamite assim como detonadores elétricos entre outros materiais associados ao grupo Estado Islâmico.