Última hora

Praça da República em Paris limpa de homenagens às vítimas de atentados

A Praça da República, em Paris, foi o local onde afluiram espontaneamente milhares de pessoas depois do chocante atentado contra o jornal satírico Charlie Hebdo e, poucos dias depois, acolheu uma enor

Em leitura:

Praça da República em Paris limpa de homenagens às vítimas de atentados

Tamanho do texto Aa Aa

A Praça da República, em Paris, foi o local onde afluiram espontaneamente milhares de pessoas depois do chocante atentado contra o jornal satírico Charlie Hebdo e, poucos dias depois, acolheu uma enorme manifestação de solidariedade

O município começou esta segunda feira a limpar o local das homenagens simbólicas ali depositadas ao longo de meses.

Alguns transeuntes exprimiam a sua opinião: “Acho isto triste, é como profanar um cemitério. Tenho muitos amigos que foram incluídos na lista de vítimas dos vários ataques. Tudo isso desapareceu, eles estão esquecidos.”

Os sentimentos eram contraditórios: “Por um lado, acho bem que volte a ser o que era antes. Por outro, é tudo aquilo por que as pessoas passaram aqui, tudo o que foi testemunhado.”

A estátua de bronze e o enorme pedestal de pedra branca tornaram-se a tela de memoriais em nome das vítimas de atentados em França e no mundo.

Bruno Julliard, da Câmara de Paris, explicou como se planeou a limpeza da Praça: “Recolhemos todos os símbolos e guardámos nos arquivos municipais de Paris. Fotografámos tudo o que não pudemos recolher, mas pensámos ser altura de devolver à estátua a aparência estética que a torna bela.”

Para além de homenagens às vítimas de terrorismo, a grande praça no coração de Paris acolheu também manifestações contra a lei do trabalho e foi ocupada dias e noites a fio pelo movimento Nuit Debout, o que também deixou marcas.

Os trabalhos de limpeza da Praça da República parisiense deverão estar concluídos a 11 de agosto.