Última hora

Biden no Báltico: "Não levem Trump a sério"

O vice-presidente americano tranquilizou os aliados no Báltico quanto ao futuro do compromisso da NATO e os EUA.

Em leitura:

Biden no Báltico: "Não levem Trump a sério"

Tamanho do texto Aa Aa

Os Estados Unidos mantêm o compromisso com a NATO e com a defesa dos Estados Bálticos em caso de uma agressão por parte da Rússia. Essa é a garantia que o vice-presidente americano Joe Biden quis dar nesta visita às três repúblicas bálticas – Estónia, Letónia e Lituânia.

allviews Created with Sketch. Point of view

"Se ouviram alguma coisa dita por um candidato presidencial de outro partido, não o devem levar a sério. Penso que ele (Trump) nem sabe o que é o artigo 5 (da NATO)."

Joe Biden Vice-Presidente norte-americano

Isto depois de declarações polémicas do candidato republicano Donald Trump: “O medo de que os Estados Unidos se possam estar a desinteressar ou queiram sair não tem fundamento. Na verdade, a nossa presença vai aumentar e vai haver mais países membros da NATO na fronteira com a Rússia. Se ouviram alguma coisa dita por um candidato presidencial de outro partido, não o devem levar a sério. Penso que ele nem sabe o que é o artigo 5”, disse Biden.

Artigo 5 do Tratado do Atlântico Norte, que obriga a aliança a socorrer um país membro em caso de agressão externa.

Donald Trump disse que iria rever a política em relação à Rússia, nomeadamente a obrigatotriedade de defender os membros da NATO de uma possível agressão.

Leia também: Vladimir Putin é o adversário de Hillary Clinton nas presidenciais, segundo a revista The Atlantic