Última hora

Em leitura:

Deutsche Bank e debate presidencial norte-americano penalizam bolsas


mercados

Deutsche Bank e debate presidencial norte-americano penalizam bolsas

Início de semana difícil para as bolsas europeias. Os índices do Velho Continente estão em forte queda, penalizadas pelos títulos energéticos e bancários, a começar pelo Deutsche Bank.

Esta segunda-feira, os títulos do maior banco alemão atingiram mínimos de 24 anos.

No fim de semana, a revista Focus, com base em fontes anónimas do governo, revelou que Angela Merkel não pretende ajudar o banco nem interferir no inquérito sobre as “subprimes” a decorrer nos Estados Unidos. O banco incorre numa multa equivalente a 12,5 mil milhões de euros.

Entretanto, o governo rejeitou qualquer especulação em torno da instituição financeira. Já a direção do banco descartou um eventual aumento de capital e garantiu que o Deutsche Bank pretende resolver os problemas sem a ajuda de Berlim.

Mesmo assim, os investidores não se deram por convencidos.

O mercado está preocupado com com a saúde do setor financeiro. A isto junta-se o nervosismo com a aproximação da reunião da OPEP e do debate presidencial nos Estados Unidos. Esta noite tem lugar o primeiro frente a frente entre Hillary Clinton e Donald Trump.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

tradução automática

tradução automática

tradução automática

Artigo seguinte

mercados

Twitter valoriza em Wall Street na expetativa de ser comprada