EventsEventosPodcasts
Loader
Find Us
PUBLICIDADE

Deutsche Bank e debate presidencial norte-americano penalizam bolsas

Deutsche Bank e debate presidencial norte-americano penalizam bolsas
Direitos de autor 
De  Patricia Cardoso com Reuters
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Início de semana difícil para as bolsas europeias.

PUBLICIDADE

Início de semana difícil para as bolsas europeias. Os índices do Velho Continente estão em forte queda, penalizadas pelos títulos energéticos e bancários, a começar pelo Deutsche Bank.

Esta segunda-feira, os títulos do maior banco alemão atingiram mínimos de 24 anos.

Deutsche Bank -5.39% #markets are slumping as lenders #stocks are sinking

— The Risky Trader (@TheRiskyTrader) 26 de setembro de 2016

No fim de semana, a revista Focus, com base em fontes anónimas do governo, revelou que Angela Merkel não pretende ajudar o banco nem interferir no inquérito sobre as “subprimes” a decorrer nos Estados Unidos. O banco incorre numa multa equivalente a 12,5 mil milhões de euros.

Entretanto, o governo rejeitou qualquer especulação em torno da instituição financeira. Já a direção do banco descartou um eventual aumento de capital e garantiu que o Deutsche Bank pretende resolver os problemas sem a ajuda de Berlim.

Mesmo assim, os investidores não se deram por convencidos.

O mercado está preocupado com com a saúde do setor financeiro. A isto junta-se o nervosismo com a aproximação da reunião da OPEP e do debate presidencial nos Estados Unidos. Esta noite tem lugar o primeiro frente a frente entre Hillary Clinton e Donald Trump.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

OPEP-Rússia: Acordo à vista?

Multa recorde de 14 mil milhões de dólares "afunda" Deutsche Bank na bolsa

Preços do gás natural aumentam com a explosão da inteligência artificial