Última hora

Última hora

O rei da Tailândia morreu e o sucessor pede adiamento na subida ao trono

A morte do rei Bhumibol Adulyadej lançou a Tailândia no luto. Depois de reunir com o primeiro ministro, o sucessor pede tempo para subir ao trono.

Em leitura:

O rei da Tailândia morreu e o sucessor pede adiamento na subida ao trono

Tamanho do texto Aa Aa

Nove minutos de silêncio encheram a Assembleia Legislativa Nacional da Tailândia, esta quinta-feira, em sinal de luto pela morte do rei Bhumibol Adulyadej, que, por 70 anos, manteve o país coeso.

Morreu aos 88 anos, depois de ser o monarca com o reinado mais longo do mundo.
O sucessor do rei foi designado por ele em 1972 e é o seu único filho. Não goza no país da popularidade e devoção que ao pai eram dedicadas, tendo a imagem de um playboy europeizado. Actualmente, residia na Alemanha.

O General Prayuth Chan-ocha, primeiro ministro tailandês, reuniu horas depois da morte do rei com o príncipe herdeiro. Depois da reunião, anunciou:

“O Príncipe herdeiro Maha Vajiralongkorn confirmou que será sucessor no trono mas gostaria de ter algum tempo para fazer o luto, juntamente com o povo da Tailândia. Pediu um adiamento na sua proclamação enquanto rei, que lhe permita chorar o seu pai com o resto da nação.”

Em Agosto deste ano, o Governo de Junta Militar alterou a Constituição, reforçando os poderes que tem. Alguns analistas viram nisso uma antecipação à sucessão do rei, já há muito tempo com saúde fragilizada.

Por agora, chora-se a morte do monarca que conseguia pacificar uma nação convulsa, como testemunha Wichit Supsuphan, um popular:

“Vamos fazê-lo orgulhar-se de nós quando olhar para baixo, vai orgulhar-se. Temos de ser fortes. A Tailândia tem de ser forte e avançar.”

De acordo com a Constituição tailandesa, Vajiralongkorn deve ascender ao trono enquanto monarca constitucional depois da aprovação da Assembleia Nacional.

O luto oficial do país começa esta sexta feira e durará um ano. Com o príncipe herdeiro a pedir um adiamento, não se sabe quando a Tailândia voltará a ter um rei.

Depois da morte do rei da Tailândia, primeiro ministro reúne com príncipe herdeiro que pede um adiamento da subida ao trono para que possa fazer o luto com o povo tailandês.