Última hora

Em leitura:

Síria: Rússia garantem que esforços para solução política têm sido "sabotados"


Síria

Síria: Rússia garantem que esforços para solução política têm sido "sabotados"

O Ministro dos Negócios Estrangeiros russo, Sergey Lavrov lançou duras críticas ao Estados Unidos: garante que não estão a aplicar as resoluções do Conselho de Segurança da ONU para a Síria. Durante uma visita oficial a Atenas, e após o encontro com o Presidente grego, Prokopis Pavlópulos, Sergey Lavrov afirmou que “infelizmente, em muitas ocasiões, os esforços para uma solução política têm sido sabotados. O que não respeita as resoluções do Conselho de Segurança da Nações Unidas. Há quem esteja a apoiar extremistas que querem afastar o regime de Assad. Estamos convencidos que se as resoluções tivessem sido respeitadas e houvesse honestidade, a situação na Síria já teria melhorado”.

Lavrov disse ainda que foi o próprio secretário de Estado norte-americano, John Kerry, afirmou que todos os que quisessem ajudar a encontrar uma solução para o conflito deveriam cortar os vínculos com os terroristas. Mas para o chefe da diplomacia russa, os Estados Unidos foram os primeiros a não o fazer. Sergey Lavrov deu mesmo o exemplo da operação que está a decorrer em Aleppo.

A questão da Síria está a marcar a agenda da visita oficial do ministro dos Negócios Estrangeiros russo à Grécia. Foi tema de debate não só no encontro com o chefe de Estado helénico mas também com o primeiro-ministro, Alexis Tsipras e com o homólogo grego, Nikos Kotzias.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

tradução automática

Artigo seguinte

mundo

Pelo menos 18 mortos em naufrágio ao largo da Indonésia