Última hora

Em leitura:

Bulgária: oposição socialista vence presidenciais e primeiro-ministro demite-se


mundo

Bulgária: oposição socialista vence presidenciais e primeiro-ministro demite-se

O candidato da oposição socialista pró-russa, Rumen Radev, venceu com uma margem confortável as eleições presidenciais deste domingo na Bulgária, motivando a demissão do primeiro-ministro Boiko Borisov.

O antigo comandante da força aérea de 53 anos conquistou mais de 58 por cento dos votos, beneficiando da vaga de descontentamento com os progressos do governo na luta contra a corrupção e da desilusão com a União Europeia.

No discurso de vitória, Radev afirmou que “a democracia na Bulgária venceu face à apatia e ao medo. Apesar do ‘bluff’ do governo acerca de um eventual apocalipse, [a população] votou pela mudança”.

Demasiado confiante na própria popularidade e no sucesso da candidata do partido governante, Tsetska Tsatcheva, o primeiro-ministro Boiko Borisov tinha associado o seu futuro a uma vitória no escrutínio. A derrota da atual presidente do Parlamento levou, assim, Borisov a anunciar a demissão, abrindo o caminho para legislativas antecipadas, a partir de março, face às quais mantêm, no entanto, o favoritismo, segundo as sondagens.