Última hora

Em leitura:

Grupo Estado Islâmico regressa a Palmira


Síria

Grupo Estado Islâmico regressa a Palmira

Combatentes do grupo Estado Islâmico reentraram na cidade de Palmira, na província de Homs, depois de um assalto surpresa. A informação está a ser avançada pelo Observatório Sírio dos Direitos Humanos.

A organização não-governamental, sedeada em Londres mas que tem fontes no terreno, adianta que os jihadistas entraram pela zona do hospital, localizado na periferia noroeste desta cidade histórica.

O responsável pelo Observatório adianta ainda que há combates entre militantes do grupo Estado Islâmico e exército sírio no centro da cidade, conhecida como a “pérola do deserto”.

O Daesh tinha tomado a localidade de Palmira, considerada Património da Humanidade, pela Unesco, em maio de 2015. Durante a ocupação, que durou até março de 2016, destruiu grande parte do seu património, templos antigos, túmulos, entre outras coisas. Há oito meses o exército sírio tinha conseguido expulsar os extremistas da cidade e recuperado o seu controlo.

Palmira era a cidade síria mais visitada antes do início da guerra civil, em 2011.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Síria

Civis continuam a abandonar leste de Alepo