Grupo Estado Islâmico regressa a Palmira

Grupo Estado Islâmico regressa a Palmira
Direitos de autor 
De  Nara Madeira
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Combatentes do grupo Estado Islâmico reentraram na cidade de Palmira, na província de Homs, depois de um assalto surpresa.

PUBLICIDADE

Combatentes do grupo Estado Islâmico reentraram na cidade de Palmira, na província de Homs, depois de um assalto surpresa. A informação está a ser avançada pelo Observatório Sírio dos Direitos Humanos.

A organização não-governamental, sedeada em Londres mas que tem fontes no terreno, adianta que os jihadistas entraram pela zona do hospital, localizado na periferia noroeste desta cidade histórica.

O responsável pelo Observatório adianta ainda que há combates entre militantes do grupo Estado Islâmico e exército sírio no centro da cidade, conhecida como a “pérola do deserto”.

O Daesh tinha tomado a localidade de Palmira, considerada Património da Humanidade, pela Unesco, em maio de 2015. Durante a ocupação, que durou até março de 2016, destruiu grande parte do seu património, templos antigos, túmulos, entre outras coisas. Há oito meses o exército sírio tinha conseguido expulsar os extremistas da cidade e recuperado o seu controlo.

Palmira era a cidade síria mais visitada antes do início da guerra civil, em 2011.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Opositores ao regime sírio reúnem-se em Paris

Embaixador iraniano na Síria promete retaliação após alegado ataque israelita destruir consulado

Ataque israelita destrói consulado iraniano em Damasco e mata alta patente militar