Última hora

Em leitura:

Televisão pública mostra imagens de análise a caixa negra do Tupolev


Rússia

Televisão pública mostra imagens de análise a caixa negra do Tupolev

Com Reuters e Interfax

A agência de notícias russa Interfax diz que os investgadores acreditam que o acidente do avião militar que se despenhou no mar Negro, matando 92 passageiros, poderia ter tido origem numa falha técnica ou num erro cometido pelo piloto.

Um problema nas asas poderia ter feito com que o avião tivesse perdido altitude, devido ao mau funcionamento dos flaps, que estariam a funcionar de forma descoordenada, no momento do acidente.

A Euronews não pôde confirmar a veracidade das fontes anónimas citadas pela Interfax.

O Tupolev 154, propriedade do ministério russo da Defesa, desapareceu dos radares apenas dois minutos depois de ter descolado de Sochi, sul da Federação Russa.

As três caixas negras foram encontradas na terça-feira, segundo as agências de notícias estatais russas.

No entanto, o ministério da Defesa disse que apenas uma caixa negra tinha sido encontrada.

A televisão pública mostrou, entretanto, imagens da abertura de uma caixa negra.