Última hora

Em leitura:

Nieto diz que México "não pagará" muro de Trump


EUA

Nieto diz que México "não pagará" muro de Trump

O “muro da discórdia” voltou a pôr em evidência, esta quarta-feira, as divergências entre o presidente mexicano, Enrique Peña Nieto, e o futuro ocupante da Casa Branca.

Nieto afirmou que o México não pagará pelo muro que Donald Trump quer erguer entre os dois países para combater a imigração clandestina:

“É evidente que existem divergências com o próximo governo dos Estados Unidos, como a questão do muro, que o México, por suposto, não pagará.”

“Os Estados Unidos deveriam comprometer-se em pôr fim ao tráfico ilegal de armas [do seu território] em direção ao México, bem como em parar o fluxo de dinheiro de origem ilegal, que recebem aqui as organizações criminosas.”

Trump afirmou ontem que os Estados Unidos irão adiantar o dinheiro para permitir a rápida construção do muro fronteiriço, mas prometeu que a fatura será posteriormente enviada ao México.

“Um país não pode pagar algo que não está a construir e que, para além do mais, não lhe trás benefícios. Só beneficia os Estados Unidos, porque o que pretende é evitar que os mexicanos atravessem a fronteira.”

“Todas as decisões que agora estão a tomar as empresas, de não investir no México, por receio de Donald Trump, estão a afetar a nossa economia.”

O Banco Mundial indicou que as medidas protecionistas de Trump vão reduzir o investimento estrangeiro no México e já fizeram rever as previsões de crescimento do país para 2017 em menos um ponto percentual.

Suíça

Chipre: diferença territorial entre turcos e gregos não e "dramática" segundo a ONU