Última hora

Última hora

Suspeito do grupo Estado Islâmico detido na Alemanha

As autoridades alemãs realizaram mais de 50 rusgas com um milhar de agentes. O principal dos 16 suspeitos investigado terá ajudado a planear o atentado ao museu Bardo na Tunísia.

Em leitura:

Suspeito do grupo Estado Islâmico detido na Alemanha

Tamanho do texto Aa Aa

Suspeito de ter participado na planificação do atentado no museu Bardo na Tunísia.

Numa vasta ação, as autoridades alemãs detiveram um individuo que pertencerá ao autoproclamado Estado Islâmico.

1100 agentes policiais participaram na operação no estado alemão de Hesse. Foram levadas a cabo 54 rusgas. 16 pessoas entre os 16 e os 46 anos são visadas na investigação.

“O suspeito principal é um cidadão da Tunísia de 36 anos, terá trabalhado, desde agosto de 2015 para a organização terrorista estrangeira que se autodenomina Estado Islâmico. O suspeito terá alegadamente trabalhado como traficante e recrutado para a organização aqui na Alemanha”, explica Alexander Badle, porta-voz do procurador de Frankfurt.

O suspeito terá ajudado no ataque ao museu Bardo em março de 2015 em Tunis, que custou a vida a 21 turistas estrangeiros e a um polícia tunisino.

O homem também terá estado implicado num ataque à cidade tunisina de Ben Guerdane [junto à fronteira com a Líbia] no início de março de 2016.