Última hora

Em leitura:

Comissário Europeu Moscovici garante que "Grexit não é uma opção"


A redação de Bruxelas

Comissário Europeu Moscovici garante que "Grexit não é uma opção"

O comissário europeu Moscovici vai a Atenas para discutir com o primeiro-ministro e ministros das Finanças gregos uma solução para o programa de resgate antes do próximo Eurogrupo. Antes Moscovici falou com euronews sobre recente impasse com o FMI e os cenários do “Grexit”.

Efi Koutsokosta, euronews:
“Pode confirmar agora que você, e quando digo você, quero dizer os líderes da Zona Euro, e o FMI têm uma proposta comum para apresentar à Grécia?”

Pierre Moscovici, Comissário Europeu Economia:
“Temos de ter uma proposta comum. Mas temos uma avaliação da situação hoje e as previsões que apresentei mostram que agora a Grécia está no caminho do crescimento, a Grécia voltou a crescer em 2016. Antes previamos uma recessão de 0,3% em 2016 e agora prevêmos um crescimento sólido em 2017 de 2,7% e em 2018 de 3% o que coloca a Grécia entre os primeiros da Europa em termos de crescimento. Por isso é que ainda considero que temos e podemos fechar a segunda revisão em breve”.

Efi Koutsokosta, euronews:
“Quando diz em breve, acredita que o Eurogrupo de 20 de fevereiro é uma meta realista?”

Pierre Moscovici, Comissário Europeu Economia:
“Espero que sim. Acho que temos uma janela de oportunidade. Ainda há esforços a fazer mas os parceiros da Grécia também têm de assumir as suas responsabilidades”.

Efi Koutsokosta, euronews:
“Fala de uma história de sucesso mas o FMI não está muito de acordo consigo. Diz que é claro que a dívida grega é muito insustentável, que as metas fiscais acordadas não vão ser cumpridas. Acredita mesmo que vai poder manter-se neste programa com o FMI e fazer as mesmas exigências ou os gregos vão ter de pagar pelos vossos desacordos com mais austeridade?”

Pierre Moscovici, Comissário Europeu Economia:
“Nós, a Comissão, sempre quisemos andar de “mãos dadas com o FMI, as instituições têm de estar juntas. Mas no que diz respeito aos números, os nossos estão em cima da mesa e mostram que até agora, e deve continuar assim, o desempenho da Grécia é melhor que o esperado a nível fiscal. Os nossos dados foram sempre corretos e nem sempre favoráveis. Por isso cada parceiro deve trabalhar sobre esta base, uma vez que são objetivos base.”

Efi Koutsokosta, euronews:
“Mas tem pedido mais medidas, mais medidas de austeridade à Grécia.”

Pierre Moscovici, Comissário Europeu Economia:
“Acredito que é impossível impôr mais austeridade ao povo grego mas é necessário e legítimo que existam mais reformas, com o objetivo a garantir um sistema económico grego mais competitivo e sólido. Acredito que temos de atingir o equilíbrio entre estes dois imperativos.”

Efi Koutsokosta, euronews:
“Depois de passados todos os prazos para a conclusão da segunda revisão, volta-se a falar de Grexit. Acredita que o Grexit ainda é uma opção?”

Pierre Moscovici, Comissário Europeu Economia:
“Não, o Grexit não é uma opção. O Grexit esteve em cima da mesa e eu lamento que isso tenha acontecido antes do acordo de julho de 2015. Mas agora não está, é impossível e seria injusto depois do atual desempenho da economia grega. Esta crise deve ser evitada e vamos evitá-la.”

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

tradução automática

tradução automática

A redação de Bruxelas

Presidente austríaco revela receita para combater populismos