Última hora

Em leitura:

Turquia encerra embaixada e promete mais consequências à Holanda


Holanda

Turquia encerra embaixada e promete mais consequências à Holanda

O embaixador holandês não é bem-vindo em Ancara, pelo menos para já – a reação do governo turco à proibição de dirigentes turcos fazerem propaganda na Holanda.

Numa outra aparente primeira retaliação, as autoridades turcas encerraram a embaixada holandesa em Ancara e o consulado em Istambul alegando razões de segurança.

Manifestações contra a Holanda eclodiram em frente à embaixada em Ancara.

Bandeiras turcas e gritos de apoio ao presidente Turco Recep Tayyip Erdogan que procura dotar-se de poderes executivos num referendo marcado para abril.

Em Istambul, a bandeira turca terá mesmo sido içada no consulado holandês.

Diversos países europeus impediram a realização de campanha dos dirigentes turcos – Alemanha, Áustria, Suíça, Holanda e Suécia.

À semelhança de Erdogan e outros dirigentes, o primeiro-ministro turco Binali Yildirim prometeu à Holanda uma resposta à altura.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Geórgia

Geórgia: Detenções e feridos em protesto originado por multas de trânsito