Última hora

Em leitura:

Brasil: manifestantes insurgem-se contra reformas ao sistema de pensões


Brasil

Brasil: manifestantes insurgem-se contra reformas ao sistema de pensões

Manifestantes desceram às ruas no Rio de Janeiro e outras cidades brasileiras esta quarta-feira.

Os manifestantes insurgem-se contra o plano de reformas do sistema de pensões apresentado pelo presidente Michel Temer.

O governo defende que as reformas são necessárias a fim de controlar as despesas e as contas públicas, um passo essencial para colocar um ponto final na pior recessão em mais de um século.

Falando num comício em São Paulo, o antigo presidente Lula da Silva disse que os protestos vão continuar até à eleição de um presidente democrático e legítimo, uma referência ao processo que levou à destituição da antiga presidente Dilma Rousseff.

<script async src=”//platform.twitter.com/widgets.js” charset=“utf-8”

Entre várias mudanças, o novo plano de reformas introduz limites às pensões assim como o aumento da idade de reforma.

O plano conta ainda com o apoio de legisladores veteranos assim como dos investidores.

Os protestos ocorrem numa altura em que se intensificam as investigações sobre o alegado envolvimento de vários membros do governo em casos de corrupção, nomeadamente no caso “Lava-Jato”.

A agência de notação financeira Moody’s adiantou esperar que as reformas sejam aprovadas no Congresso na segunda metade deste ano.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Marrocos

Rei de Marrocos afasta primeiro-ministro