Última hora

Em leitura:

Adolescentes franceses que viram o ataque em Londres regressaram a casa


França

Adolescentes franceses que viram o ataque em Londres regressaram a casa

Várias dezenas de adolescentes franceses, entre os quais alguns que foram testemunhas do atentado na ponte de Westminster, regressaram a França na quinta-feira à noite.

Um avião fretado pela companhia de seguros aterrou no aeroporto de Quimper, na Bretanha.

Entre as pessoas que foram feridas na ataque, estão três dos alunos do liceu de Saint-Joseph, em Concarneau, que integravam a excursão a Londres. Estão livres de perigo e vão também poder regressar.

“Poderia ter acontecido a qualquer pessoa, aconteceu-lhes a eles, estou chocado”, confessou um aluno.

“Tivémos medo por eles, ligámos para saber o que lhes tinha acontecido, explicaram que tiveram sorte porque o carro foi parado pelas barreiras”, disse outro.

Para os pais, foram momentos de incerteza e angústia. A mãe de uma aluna contou que a filha viu tudo: “Ela viu os amigos feridos, viu o terrorista sair do carro, em resumo foi isto.”

A visita escolar dos 93 alunos do liceu de Concarneau terminou mais cedo do que era previsto. Uma equipa de psicólogos vai ajudá-los a ultrapassar o choque.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

tradução automática

tradução automática

Turquia

Turquia pode rever laços "políticos e administrativos" com a UE, diz presidente turco