Última hora

Em leitura:

Guardas prisionais insurgem-se contra condições de trabalho na maior prisão da Europa


França

Guardas prisionais insurgem-se contra condições de trabalho na maior prisão da Europa

Mais de 350 guardas penitenciários bloquearam na noite de segunda-feira durante várias horas a penitenciária de Fleury-Mérogis situada a 26 quilómetros a sul de Paris.

Trata-se da maior prisão da Europa que abriga atualmente mais 4 mil e 200 detidos.

Os guardas afirmam que a prisão está sobrelotada a 180% da sua capacidade e que, segundo os sindicatos, existem cerca de 150 postos de trabalho que estão por preencher.

A polícia de intervenção acabaria por colocar um ponto final no protesto ao início da noite. O acesso ao estabelecimento prisional foi restabelecido por volta das 23H00.

EUA

EUA: polícia identifica uma das vítimas como ex-mulher do autor dos disparos