Última hora

Em leitura:

Novo presidente da Sérvia acolhido com protestos contra a "ditadura"


Sérvia

Novo presidente da Sérvia acolhido com protestos contra a "ditadura"

O novo presidente da Sérvia tomou posse esta quarta-feira, com a promessa de prosseguir na rota da adesão à União Europeia mas também de manter as boas relações com a Rússia.

Aleksandar Vucic sucede a Tomislav Nikolic no cargo, uma passagem de testemunho que está longe de ser pacífica para o ex-primeiro-ministro cuja vitória nas presidenciais é manchada por acusações de irregularidades no sufrágio.

O novo chefe de Estado garantiu que não vai reconhecer a independência do Kosovo mas que vai prosseguir o diálogo com as autoridades do território.

Durante o seu juramento, Nikolic, prometeu, “preservar a soberania e a integridade territorial da República da Sérvia, incluindo o Kosovo, como parte integrante do país”.

A chegada à presidência do antigo ultranacionalista convertido ao pró-europeísmo é acompanhada por críticas à forma como tentaria concentrar todos os poderes e controlar os meios de comunicação social.

Centenas de pessoas manifestaram-se em Belgrado, numa marcha “contra a ditadura”, impedida, pela polícia, de aceder ao parlamento, onde decorria a cerimónia de tomada de posse.