Novo presidente da Sérvia acolhido com protestos contra a "ditadura"

Novo presidente da Sérvia acolhido com protestos contra a "ditadura"
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
PUBLICIDADE

O novo presidente da Sérvia tomou posse esta quarta-feira, com a promessa de prosseguir na rota da adesão à União Europeia mas também de manter as boas relações com a Rússia.

Aleksandar Vucic sucede a Tomislav Nikolic no cargo, uma passagem de testemunho que está longe de ser pacífica para o ex-primeiro-ministro cuja vitória nas presidenciais é manchada por acusações de irregularidades no sufrágio.

O novo chefe de Estado garantiu que não vai reconhecer a independência do Kosovo mas que vai prosseguir o diálogo com as autoridades do território.

Durante o seu juramento, Nikolic, prometeu, “preservar a soberania e a integridade territorial da República da Sérvia, incluindo o Kosovo, como parte integrante do país”.

A chegada à presidência do antigo ultranacionalista convertido ao pró-europeísmo é acompanhada por críticas à forma como tentaria concentrar todos os poderes e controlar os meios de comunicação social.

Centenas de pessoas manifestaram-se em Belgrado, numa marcha “contra a ditadura”, impedida, pela polícia, de aceder ao parlamento, onde decorria a cerimónia de tomada de posse.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Detidos suspeitos de morte de menina de dois anos

Sérvios assinalam 25 anos dos bombardeamentos da NATO

Sérvia acolhe milhares que fugiram da guerra