Última hora

Em leitura:

Mais de dez feridos em ataque ao parlamento venezuelano


Venezuela

Mais de dez feridos em ataque ao parlamento venezuelano

Controlada pela oposição, a Assembleia Nacional da Venezuela voltou a ser alvo de um ataque que se traduziu em mais de uma dezena de feridos, entre eles vários deputados.


A sessão na qual se pretendia celebrar o Dia da Independência de Espanha depressa passou para segundo plano quando um grupo de apoiantes do presidente Nicolás Maduro e integrantes de milícias chavistas conhecidas como “coletivos” invadiram a sede do Parlamento.

Munidos, entre outras coisas, de engenhos explosivos agrediram pelo menos quatro deputados da oposição e funcionários, mas também intimidaram jornalistas.



O presidente Nicolás Maduro apressou-se a condenar os “atos estranhos”, mas certo é que durante a manhã o vice-presidente venezuelano, Tareck el-Aissami, já tinha apelado à concentração no Parlamento contra a maioria opositora que descreve como “traidora.”